São Paulo Estudante da USP é morto após defender amigo em república

Estudante da USP é morto após defender amigo em república

Grupo realizou sequestro relâmpago e usou cartão de crédito da vítima. Na residência, um dos estudantes reagiu e foi morto com um tiro na cabeça 

Após sequestro e assalto, grupo incendeia carro e foge

Após sequestro e assalto, grupo incendeia carro e foge

Reprodução RecordTV

Um estudante da Universidade de São Paulo (USP) foi morto com um tiro na cabeça, depois de tentar impedir um assalto dentro de uma república, na rua Jonas Herculano Aquino, 11, no Butantã, zona oeste da Capital, por volta das 4h20 desta segunda-feira (19). Os suspeitos foram presos.

Leia mais: 'As pessoas não acham que alguém como eu possa ser inteligente': a vida dos alunos da periferia na USP

De acordo com informações iniciais, um homem, morador da república, saia com seu carro, modelo HB20, quando foi rendido por três suspeitos, entre eles, uma mulher. O grupo teria realizado um sequestro-relâmpago.

Eles teriam transitado com a vítima por cerca de três horas e usaram seu cartão para realizar saques em caixas eletrônicos. Os suspeitos voltaram com o refém até a casa para roubar os moradores do local.

Um dos inquilinos, ao ver a ação dos suspeitos, tentou impedir o crime e deu três facadas em uma integrante do grupo. O outro suspeito, ao ver a colega ferida, atirou na cabeça desse estudante.

Leia mais: USP amplia em 25% a presença de alunos pretos, pardos e índios

Após a ação, os suspeitos ainda fugiram com o HB20. Segundo a PM, eles abandonaram o carro na Rua Rafik El Takach, 1000, que fica a cerca de três quilômetros da república. O grupo incendiou o carro e fugiu. O corpo de bombeiros recebeu um chamado para conter o fogo por volta das 5h11.

A vítima baleada na cabeça foi socorrida e levada a um hospital da região, mas não resistiu aos ferimentos. Os três suspeitos foram presos pela Polícia Militar pouco tempo depois. As circunstâncias da prisão não foram informadas. O caso será registrado no 51ºDP, do Butantã.