São Paulo Ex-jogador do Vasco é assassinado no litoral de SP

Ex-jogador do Vasco é assassinado no litoral de SP

Alan Junior Pereira Alves atuava no equatoriano Deportivo y Social Santa Rita

Ex-jogador do Vasco é assassinado no litoral de SP

O jogador Alan Junior Pereira Alves, do Deportivo Y Social Santa Rita, foi baleado e morto na tarde desta sexta-feira (12), na Rua Corá Coralina, 851, no bairro Anhanguera, na Praia Grande, litoral sul de São Paulo. 

Era o dia em que Alan Pereira se despediria da família para voltar ao Equador, onde jogava pelo Deportivo y Social Santa Rita, clube da segunda divisão do país. Um amigo preparou a festa em uma casa, mas o atleta foi vítima de um ataque.

Alan e o amigo, que preparou a festa, conversavam na calçada. Uma moto apareceu com dois homens armados. Os suspeitos desceram e atiraram várias vezes nas vítimas. Quatro disparos acertaram o amigo e dois atingiram Alan, de 26 anos.

As vítimas foram socorridas e levadas a hospitais da região. O jogador não sobreviveu. O amigo, Mafaldo Alexandre Pereira, de 41 anos, ainda está internado.

Mafaldo chegou ao Hospital Irmã Dulce em estado grave e passou por cirurgia para a retirada dos projéteis. Foi sedado e agora está na UTI.

A polícia ainda não sabe o que motivou o crime. De acordo com o delgado, testemunhas serão ouvidas. O caso foi registrado na Delegacia Sede da Praia Grande.

O jogador teve passagens por alguns clubes brasileiros antes de se transferir para o futebol equatoriano. Entre eles o Vasco da Gama, do Rio de Janeiro. O Club Santa Rita lamenta a morte de Alan. Leia a nota do clube: 

"Santa Rita lamenta profundamente o falecimento de Alan Pereira, ex-jogador da nossa instituição na temporada 2.017.

A nossa condolências aos seus familiares, perante esta tragédia, Deus lhes dê a força necessária para suportar esta dor.

Descanse em paz, irmão!"

    Access log