São Paulo Ex-PM mata pais e é morto em confronto com a polícia em SP

Ex-PM mata pais e é morto em confronto com a polícia em SP

Vizinhos escutaram a gritaria da discussão e chamaram a polícia. Quando os agentes chegaram, houve troca de tiros entre eles

  • São Paulo | Mariana Rosetti, da Agência Record

Ex-policial mata pais e morre me confronto com a polícia

Ex-policial mata pais e morre me confronto com a polícia

Reprodução/Record TV - 19.07.2021

Um policial militar aposentado, identificado como Edson Nogueira, matou os pais durante um surto psicótico e foi morto depois de trocar tiros com a Polícia Militar, na região de Itaquera, na zona leste de São Paulo, na noite deste domingo (18).

O ex-sargento teve um surto psicótico e atirou nos próprios pais durante uma discussão, segundo a Polícia Militar.

Os disparos aconteceram dentro do apartamento das vítimas, no térreo de um condomínio de prédios na rua Gavião Pescador, 71, no Jardim Bonifácio, por volta das 18h30.

Apenas os pais de Edson moravam no apartamento. Assim que os vizinhos ouviram a gritaria da discussão, chamaram a polícia.

Quando as equipes chegaram no endereço, precisaram se aproximar do apartamento com escudos, já que o atirador estava armado e não queria se render.

O ex-sargento atirou contra os agentes e, nesse momento, houve confronto e Edson foi baleado.

Tanto Edson, como o casal de idosos, foram socorridos para o Hospital Santa Marcelina de Itaquera, mas não resistiram.

De acordo com informações apuradas pelo repórter Pedro Leão, que estavs no local, o homem fazia acompanhamento psicológico.

A perícia da Polícia Civil esteve no local, assim como o DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa), que vai investigar o caso.

Últimas