São Paulo Ex-vereador Masataka Ota morre em São Paulo vítima de câncer

Ex-vereador Masataka Ota morre em São Paulo vítima de câncer

Ele se notabilizou na luta por manter penas severas para crimes hediondos, após ter o filho de 08 anos assassinado

  • São Paulo | Marcos Rosendo e Guilherme Alves, do R7

Morreu na noite desta quarta-feira (24), aos 63 anos, o ex-vereador Masataka Ota, vítima de câncer. Ele estava internado no hospital Sírio Libanês e lutava contra a metástase que havia se espalhado no pulmão e ossos.

Masataka Ota se notabilizou na luta por manter penas severas para crimes hediondos, após ter o filho de 08 anos assassinado, em 1997.

O sequestro e morte do pequeno Ives Ota teve grande repercussão na época e Masataka Ota liderou uma campanha contra um projeto, que na época, previa a redução da pena para crimes hediondos de 30 para 15 anos.

Ele criou o Movimento Paz e Justiça Ives Ota, e encampou a luta na defesa das pessoas vítimas de violência.

A família ainda não divulgou onde será o velório e sepultamento do ex-vereador Masataka Ota.

Massataka Ota

Massataka Ota

Everson de Freitas/Estadão Conteúdo - 25.03.2010

Últimas