Filha pede socorro na web para evitar que pai mate a mãe

Jovem de 24 anos publicou mensagem em rede social com medo que a mãe fosse assassinada pelo pai. Polícia Civil de Santos (SP) investiga a denúncia

DDM de Santos registrou a ocorrência e investiga o caso

DDM de Santos registrou a ocorrência e investiga o caso

Reprodução/Prefeitura de Santos

Um pedido de socorro nas redes sociais, feito por uma filha com a intenção de evitar que a mãe fosse morta pelo pai, em Santos, no litoral de São Paulo, gerou revolta em centenas de internautas. Após a publicação da mensagem em um perfil no Facebook, o acusado passou a ser ameaçado de morte. O caso está sendo investigado pela DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) da cidade litorânea.

Leia também: Só 9,7% das cidades têm amparo especializado à violência sexual

A autora do pedido, Gheovanna Camargo Afonso, de 24 anos, afirmou que as agressões começaram há muitos anos, quando ela e a irmã ainda eram crianças e a família morava no interior do Estado. Mas o temor pelo que o pior ocorresse a fez expor o caso.

Reprodução/Facebook Gheovanna Camargo Afonso

Histórico de agressões

Segundo a jovem, o pai torturava psicologicamente a mulher e a agredia fisicamente, o que teria provocado o nascimento precoce de sua irmã, com apenas cinco meses de gestação. Ainda de acordo com a denúncia, Gheovanna, a mãe e os irmãos tiveram que se mudar e receberam a ajuda de familiares ao longo dos anos para sobreviver.

Gheovanna contou ainda que, atualmente, mora com a mãe e dois irmãos mais novos — de 10 e 14 anos — e que, apesar de as agressões físicas não ocorrerem mais, o pai passou a ser ainda mais brutal em suas ameaças.

"Na cidade grande, ele nunca bateu na minha mãe fisicamente, mas a tortura psicológica piorou. A gente nunca sabe como ele vai estar quanto entra dentro de casa. Ele quebra tudo dentro de casa, bate as janelas, as portas, fica 'bufando' e xingando. Ninguém pode rir perto dele, porque acha que estamos rindo dele. Minha mãe não pode pentear o cabelo que ele diz que ela esta se arrumando pra amante", desabafou a jovem.

Pai de Ghiovanna recebeu ameaças

Pai de Ghiovanna recebeu ameaças

Reprodução/Facebook Gheovanna Camargo Afonso

Reação nas redes sociais

Na última terça-feira (24), Gheovanna voltou às redes sociais para agradecer a solidariedade de centenas de pessoas, disse que está recebendo apoio jurídico, mas revelou que o pai está sendo vítima de ameaças de morte.

A jovem afirmou que a família está em segurança agora e acredita que não haverá mais violência física ou moral contra a mãe.

Ghiovanna Camargo Afonso garantiu também não pretende excluir as mensagens postadas por entender que as publicações são garantias contra eventuais ameaças no futuro.

"Não vou excluir o post porque ele me serve de segurança. Mas nada vai acontecer, muitas pessoas nos estenderam as mãos e vão nos ajudar", completou a jovem.

Investigação

A delegada titular da DDM de Santos, Fernanda dos Santos Sousa, já ouviu o suspeito, testemunhas e revelou que o inquérito foi concluído.

"Todas as providências foram tomadas. Desde as medidas protetivas, tudo o que foi dado de orientação da vítima foi dentro dos procedimentos corretos da Lei Maria da Penha", ressaltou a delegada.

A reportagem do R7 tentou entrar em contato com Gheovanna, mas não houve resposta até a publicação desta matéria. 

Você tem alguma denúncia? Envie um e-mail para denuncia@r7.com