São Paulo Frentista morre baleado após reagir a assalto a posto de combustível na zona leste de São Paulo

Frentista morre baleado após reagir a assalto a posto de combustível na zona leste de São Paulo

Homens se passaram por clientes e pediram para encher galão de gasolina. Em seguida, dupla anunciou o assalto e rendeu as vítimas

  • São Paulo | Laura Lourenço, da Agência Record

Suspeitos se passam por clientes e assaltam posto de combustível na zona leste de SP

Suspeitos se passam por clientes e assaltam posto de combustível na zona leste de SP

Reprodução Record TV / 26.07.2022

Um frentista morreu baleado após reagir a uma tentativa de assalto a um posto de combustível na avenida Assis Ribeiro, altura do número 5.000, em Cangaíba, zona leste de São Paulo, na noite da segunda-feira (25).

De acordo com o repórter Thiago Gardinali, da Record TV, no estabelecimento, uma franquia da rede Ipiranga, estavam trabalhando três frentistas, dois homens e uma mulher.

Em determinado momento, dois homens chegaram a pé, passando-se por clientes e pedindo que enchessem um galão com gasolina. Após o abastecimento, a dupla anunciou o assalto e rendeu as vítimas.

Um dos funcionários, de 35 anos, reagiu e entrou em luta corporal com os suspeitos. Durante a briga, um dos assaltantes atirou duas vezes contra a vítima. Após os disparos, os suspeitos correram até uma rua próxima do posto, onde um terceiro suspeito os aguardava em um carro. O trio fugiu em seguida.

A vítima, que permaneceu caída no posto, chegou a ser levada para um hospital da região, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade. Após a ação, agentes da 1ª Companhia do 2° Batalhão de Polícia Militar Metropolitano preservaram a área.

Outras equipes fizeram o patrulhamento pela região em busca dos suspeitos. Até o momento ninguém foi localizado. O caso deverá ser encaminhado ao 24° Distrito Policial da Ponte Rasa, responsável pela área.

De acordo com o Instituto Médico-Legal (IML) Leste, o corpo do frentista ainda não chegou à unidade para a realização dos exames necroscópicos.

Últimas