São Paulo GCM é morto a tiros na frente da mulher, que é PM, em tentativa de assalto na zona leste de São Paulo

GCM é morto a tiros na frente da mulher, que é PM, em tentativa de assalto na zona leste de São Paulo

Casal voltava de um velório e chegava em casa quando foi abordado por 4 criminosos. Até o momento, ninguém foi preso

  • São Paulo | Letícia Assis, da Agência Record

GCM foi morto a tiros ao chegar em casa depois de velório

GCM foi morto a tiros ao chegar em casa depois de velório

Reprodução / Record TV

Um GCM (Guarda Civil Municipal) morreu durante uma tentativa de assalto enquanto chegava em casa com a esposa, que é policial militar, no Itaim Paulista, zona leste de São Paulo, na noite desta quarta-feira (14).

A vítima, o GCM Osvaldo Alves Júnior, estacionava o carro na garagem da residência, na avenida José Moraes Cabral, por volta de 22h30 quando foi abordado por quatro criminosos.

O grupo, segundo a Guarda Civil, chegou em uma BMW, de cor cinza, avaliada em cerca de R$ 50 mil, e anunciou o assalto.

De acordo com a Record TV, a vítima retornava de um velório acompanhada da esposa, no veículo do casal, um Jeep Compass.

Durante o assalto, por motivos ainda a serem esclarecidos durante a investigação, os criminosos dispararam contra o guarda e a agente, atingindo o homem.

Ainda na abordagem, os suspeitos conseguiram roubar a arma da PM e fugiram do local sem levar outros pertences das vítimas.

Execução

Equipes da 1ª Companhia do 29° Batalhão de Polícia Militar foram acionadas para atender uma ocorrência de disparo de arma de fogo no endereço e, quando as equipes chegaram ao local, encontraram a vítima baleada.

O agente Osvaldo foi encaminhado em estado grave ao Hospital Santa Marcelina do Itaim Paulista, mas não resistiu. A mulher não foi atingida pelos disparos.

Segundo a GCM, o agente atuava na Câmara Municipal de São Paulo. Não foi descartada a hipótese de execução.

A área foi preservada para os trabalhos de perícia técnica dos agentes da Polícia Civil, que darão início às investigações para determinar a motivação dos disparos.

Ainda de acordo com a polícia, uma BMW com as mesmas características do carro utilizado pela quadrilha foi localizada em Itaquaquecetuba, na região metropolitana de São Paulo.

O caso foi registrado no 50° Distrito Policial, no Itaim Paulista. Até o momento ninguém foi detido.

Últimas