São Paulo GCM é sequestrado durante assalto a mercado municipal em Itu (SP)

GCM é sequestrado durante assalto a mercado municipal em Itu (SP)

Agente teve a arma roubada e foi levado no próprio carro até Itupeva sob ameaças de que seria morto por facção

  • São Paulo | Rafael Custódio, da Agência Record

Guarda foi sequestrado e ameaçado em Itu

Guarda foi sequestrado e ameaçado em Itu

Reprodução

Um GCM (Guarda Civil Municipal) foi sequestrado, em Itu, no interior de São Paulo, por volta das 4h30 deste domingo (17). O agente fazia a guarda do Mercado Municipal, quando homens invadiram o local e o mantiveram refém.

Para amedrontar o guarda, os suspeitos usaram uma mangueira de alta pressão, para simular uma arma de grosso calibre.

Com uma coberta, o GCM de 60 anos foi levado até o carro dele. Eles seguiram pela rodovia Dom Gabriel. Sob ameaças de ser executado por um julgamento clandestino feito por integrantes de uma facção criminosa, o guarda teve a pistola calibre 38 roubada.

A vítima aproveitou a distração dos criminosos para reagir e tentar recuperar a arma.

Segundo a GCM de Itupeva, que atendeu a ocorrência, os homens dispararam seis vezes dentro do carro, mas nenhum dos tiros atingiu o agente. Em seguida, os suspeitos fugiram para uma área de mata levando a pistola do guarda.

Ao perceber que estava sozinho no carro, o guarda ligou rapidamente para a Polícia Rodoviária Estadual e avisou sobre o sequestro.

Os suspeitos foram localizados por volta das 9h30 deste domingo, na rodovia Dom Gabriel, no município de Itupeva, com o apoio da Polícia Militar e da GCM de Itupeva.

Presos, eles foram conduzidos à delegacia de Itupeva, onde o caso é registrado.

Últimas