São Paulo Greve do Metrô em SP: funcionários se reúnem hoje para decidir possível paralisação nesta terça (13)

Greve do Metrô em SP: funcionários se reúnem hoje para decidir possível paralisação nesta terça (13)

Categoria quer cruzar os braços para receber pagamento de steps (mecanismo de isonomia salarial). Greve já foi adiada uma vez

Agência Estado
Metroviários se reúnem hoje para decidir possível paralisação nesta terça-feira (13)

Metroviários se reúnem hoje para decidir possível paralisação nesta terça-feira (13)

Divulgação

Os metroviários de São Paulo se reúnem na noite desta segunda-feira (12) para votar novamente se aderem ou não a uma paralisação do transporte público nesta terça-feira (13). Os trabalhadores estudavam paralisar as atividades na terça (6), mas adiaram a decisão após o TRT (Tribunal Regional do Trabalho) determinar que o Metrô de São Paulo pagasse os steps (mecanismo de isonomia salarial) aos funcionários da empresa que ainda não tinham recebido o pagamento.

Na semana passada, o tribunal indicou ao Metrô a extensão do acordo de cumprimento do pagamento dos steps para os funcionários da empresa. Uma negociação no TRT entre as duas partes está prevista para ocorrer ao longo do dia. Procurado, o Metrô ainda não se manifestou sobre o assunto.

Por enquanto, a categoria mantém o estado de greve, decidido em 31 de agosto, assim como as mobilizações. Entre as ações, está a utilização de adesivos.

Se concretizada, a greve vai afetar as operações nas Linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e monotrilho da Linha 15-Prata.

Últimas