São Paulo Grupo com 40 mulheres ciclistas é atacado na avenida Paulista

Grupo com 40 mulheres ciclistas é atacado na avenida Paulista

Motoqueiro acompanhou o percurso e, em certo momento, espirrou spray de pimenta contra elas, interrompendo o exercício

  • São Paulo | Letícia Assis, da Agência Record

Um grupo com mais de 40 mulheres ciclistas foi atacado por um homem enquanto pedalava pela avenida Paulista, no centro de São Paulo, na noite da última quarta-feira (24). De acordo com a publicação da página Vespas Bike Gang, equipe de ciclismo amadora, as mulheres estavam realizando sua atividade rotineira quando um motoqueiro, ainda não identificado, passou pelo grupo jogando spray de pimenta.

Imagens registradas por uma das integrantes da equipe mostram o momento em que o suspeito retira o spray de dentro do bolso e o espirra contra parte das mulheres.

Pouco antes de atacar as ciclistas, é possível ver quando o motoqueiro passa próximo ao grupo e mexe em seu bolso. Em seguida, devido a um problema com a bicicleta de uma das mulheres, elas são obrigadas a parar na calçada e ficam pelo local por cerca de cinco minutos.

Ao pararem para  resolver a falha mecânica, as ciclistas retornam para a terceira faixa da via e prosseguem com o seu exercício. Depois de alguns quarteirões, o mesmo motoqueiro retorna ao alcance da câmera e é flagrado espirrando o produto contra parte do grupo.

Vítimas tiveram irritação nos olhos e começaram a tossir

Vítimas tiveram irritação nos olhos e começaram a tossir

Reprodução/Vespas Bike Gang

Por causa do vento, outras mulheres que vinham logo atrás também foram atingidas.

A câmera ainda registrou o momento em que o grupo, assustado, discute para tentar entender o que aconteceu, até que uma das ciclistas explica que viu o homem jogando o produto.

Ainda segundo a publicação do Vespas, o ato teria sido coordenado por dois motoqueiros.

Até o momento, ninguém foi identificado. Apesar do susto, segundo a equipe, nenhuma das mulheres ficou ferida.

Últimas