São Paulo Grupo faz arrastão em condomínio de SP na noite de Ano-Novo

Grupo faz arrastão em condomínio de SP na noite de Ano-Novo

Segundo o síndico, nenhum boletim de ocorrência foi registrado pois alguns dos moradores lesados estão viajando no feriado

  • São Paulo | Letícia Assis, da Agência Record

Crime ocorreu na noite de sexta-feira (31)

Crime ocorreu na noite de sexta-feira (31)

Reprodução/Google Street View

Um condomínio no Ipiranga, na zona sul de São Paulo, foi alvo de arrastão durante a noite da véspera de Ano-Novo. O crime aconteceu por volta das 22h20 desta sexta-feira (31).

Câmeras de monitoramento do prédio registraram toda a ação do grupo, que durou cerca de um minuto.

O relógio do vídeo marca 22h23 quando cerca de dez homens, aparentemente todos jovens, forçam o portão da garagem do condomínio e entram correndo no imóvel.

Após descer a rampa de acesso, o grupo de novo força um segundo portão e rapidamente consegue acessar o estacionamento do prédio.

Ao entrarem, os adolescentes se espalham e cada um passa a procurar por objetos fáceis de levar. Nas imagens, é possível ver o momento em que um dos infratores rouba dois capacetes e, em seguida, seu colega ainda leva o retrovisor de uma moto que estava parada.

De acordo com o síndico em exercício do condomínio, essa é a primeira vez que ocorre um crime do tipo no local.

Segundo Simões, no momento da ação do grupo não havia nenhum morador na parte da garagem. Para conseguirem entrar, segundo o síndico, os jovens fizeram uso de força para tirar os portões dos trilhos e, assim, abri-los.

Após o arrastão, os moradores do condomínio ficaram receosos pela segurança do local. Uma reunião será convocada para tratar a questão. O síndico ainda afirmou que durante o crime o grupo conseguiu roubar dois capacetes, um retrovisor e um par de óculos de sol.

Até o momento, de acordo com o síndico, nenhum boletim de ocorrência foi registrado porque alguns dos moradores lesados estão viajando devido ao feriado de Ano-Novo. O condomínio espera o retorno dos proprietários para a elaboração de um boletim único.

Em nota, a SSP-SP (Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo) informou que não localizou nenhum boletim de ocorrência sobre o caso.

Últimas