São Paulo Guarda municipal é preso após atirar em briga de trânsito em SP

Guarda municipal é preso após atirar em briga de trânsito em SP

Discussão aconteceu porque caminhoneiro estacionou no meio de uma rua, travando a passagem do agente, que estava embriagado

  • São Paulo | Mariana Rosetti, da Agência Record

Câmeras gravaram ação do guarda municipal

Câmeras gravaram ação do guarda municipal

Reprodução

Um guarda civil municipal foi preso em flagrante após apresentar sinais de embriaguez e atirar durante discussão de trânsito na avenida Peru, em Jundiapeba, na cidade de Mogi das Cruzes, na região metropolitana de São Paulo, por volta das 16h de domingo (21). Ninguém se feriu.

Câmeras de monitoramento registraram toda a ação. O vídeo mostra um caminhão sendo descarregado por pelo menos duas pessoas, enquanto está estacionado no meio da via. Um carro aparece em seguida e tenta seguir viagem, mas é impedido.

Dentro do carro está o guarda, que começa uma discussão por conta do bloqueio. O motorista do caminhão tira o veículo da via e libera a passagem. O guarda passa, para o carro e desembarca.

As imagens flagram o agente armado discutindo com o motorista do caminhão. Segundo a Polícia Militar, durante o desentendimento, o guarda disparou três vezes. Um tiro atingiu um carro estacionado na garagem, outro o fundo da casa, e o terceiro acertou o caminhão. 

A Polícia Militar informou que o agente estava alcoolizado. Após atirar, ele foi embora. A PM conseguiu identificar a placa do veículo, que está em nome de um familiar. O agente foi abordado e preso em flagrante na rua Pedro Paulo dos Santos, a dois quarteirões da ocorrência.

O caso foi registrado na Central de Flagrante de Mogi das Cruzes.

Últimas