São Paulo Guarulhos (SP) suspende aulas presenciais em escolas municipais

Guarulhos (SP) suspende aulas presenciais em escolas municipais

Unidades atingidas por greve de funcionários da limpeza podem retornar às aulas remotas para 100% dos alunos

  • São Paulo | Geovanna Hora, da Agência Record*

Atendimentos à comunidade e demais atividades administrativas devem ocorrer de forma presencial

Atendimentos à comunidade e demais atividades administrativas devem ocorrer de forma presencial

Pixabay/Reprodução

A prefeitura de Guarulhos autorizou o retorno às aulas remotas nas escolas atingidas por greve de funcionários da limpeza, a partir desta segunda-feira (20).

Todas as escolas municipais da cidade que não conseguirem cumprir os protocolos sanitários em razão da greve estão autorizadas a aderir às aulas remotas para 100% dos alunos.

Os atendimentos à comunidade e demais atividades administrativas das instituições devem ocorrer de forma presencial.

As informações estão em memorando, assinado pelo secretário de Educação da cidade, Alex Viterale, direcionado aos diretores das instituições.

A Proguaru (Progresso e Desenvolvimento de Guarulhos) é a empresa responsável por diversos serviços essenciais na cidade de Guarulhos, inclusive a limpeza das escolas.

A greve é contra a extinção da empresa, que emprega cerca de 4,6 mil pessoas, de acordo com o Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública Municipal de Guarulhos (STAP). Na última quarta-feira (15), os servidores aprovaram a paralisação de 100% dos trabalhadores de limpeza das escolas.

Um ato para marcar o início da greve deve acontecer às 10h desta segunda-feira, no Paço Municipal, localizado na Avenida Bom Clima, altura do número 91, no bairro Bom Clima.

*sob supervisão de Mariana Rosetti

Últimas