São Paulo Homem e criança são baleados em confraternização de família em SP

Homem e criança são baleados em confraternização de família em SP

Segundo testemunha, suspeitos já estavam rondando a casa há dias. Adulto foi atingido na perna, e menino, de raspão no braço

  • São Paulo | Letícia Assis, da Agência Record

Um homem e uma criança foram baleados após suspeitos atirarem em uma casa onde as vítimas estavam, na rua Cipolândia, na região do Campo Limpo, zona sul de São Paulo, na madrugada desta quinta-feira (31).

De acordo com o repórter Thiago Gardinali, da Record TV, cerca de 15 pessoas de uma mesma família estavam reunidas no imóvel para assistir ao primeiro jogo da final do Campeonato Paulista quando ocorreu o ataque.

Segundo um dos moradores da casa, que não quis se identificar, ele estava do lado de fora do portão acompanhado de outras pessoas, entre elas o sogro, quando notou a presença de um veículo com cerca de cinco ocupantes passando pela frente do imóvel.

A testemunha ainda informou que nos últimos dias havia percebido uma movimentação estranha na região e, por isso, decidiu entrar para a residência com os familiares.

Nesse momento, ainda de acordo com a testemunha, o veículo foi até o final da rua, fez retorno e voltou em direção a casa. Em seguida, três homens desceram do veículo e atiraram contra a família.

Durante os disparos, um homem e uma criança, sogro e filho da testemunha, foram atingidos. O adulto foi atingido no braço e na perna, enquanto o menino foi alvejado de raspão no braço. O homem foi socorrido e encaminhado ao Hospital Campo Limpo.

Três homens desceram de um veículo e atiraram contra a família

Três homens desceram de um veículo e atiraram contra a família

Reprodução/Record TV - 31.03.2022

Uma segunda testemunha, uma mulher, que também não quis se identificar, relatou que houve cerca de 30 disparos contra a família.

O imóvel ficou com diversas marcas na parede, móveis e portão, sendo este último com mais de 15 furos provocados pelos tiros. Dois carros que estavam estacionados próximo também foram atingidos.

De acordo com uma das testemunhas, a família não tem desavenças, e é difícil explicar motivos para os disparos. Os familiares acreditam que o crime tenha relação com a execução de um policial militar que aconteceu semanas antes.

Segundo a 3ª Companhia do 16° Batalhão de Polícia Militar, as equipes foram acionadas para o endereço e, no local, encontraram o adulto já baleado. O caso foi encaminhado ao 89° DP (Morumbi).

Últimas