São Paulo Homem que matou filha por causa de herança é condenado a 28 anos

Homem que matou filha por causa de herança é condenado a 28 anos

Publicitário e ex-cabo da Aeronáutica, Frederico Carneiro Soares confessou ter assassinado a filha com três tiros em fevereiro de 2017

  • São Paulo | Do R7, com informações da Record TV

O publicitário e ex-cabo da Aeronáutica, Frederico Carneiro Soares, foi condenado a 28 anos de prisão em regime fechado pelo assassinato a tiros da própria filha, Maira Cintra Soares, em fevereiro de 2017, em frente aos três filhos da vítima em uma casa na Vila Sônia, zona sul de São Paulo. As informações são da Record TV.

Leia mais: Pai acusado de matar filha por herança é julgado em SP

No dia do crime Frederico chegou a fugir, mas se entregou pouco tempo depois e confessou o assassinato. De acordo com as investigações, ele disputava junto com a filha a guarda do irmão dela, diagnosticado com esquizofrenia, que recebia uma pensão de oito mil reais.

Além disso, também havia uma briga pela posse da casa onde a família morava, herança da mãe falecida. À época, a Justiça havia determinado que o imóvel deveria ser vendido e uma parte do dinheiro ficar com cada um dos dois.

Advogados de cabo afirmam que ele agiu em legítima defesa e que disparo foi acidental

Advogados de cabo afirmam que ele agiu em legítima defesa e que disparo foi acidental

Reprodução/ Record TV

Ao definir a pena de 28 anos, o juiz responsável concluiu que o crime de feminicídio foi por motivo torpe, por questão financeira e sem dar chance de defesa à vítima. O fato de Frederico ter matado a própria filha diante dos netos foi considerado um agravante. Por se tratar de crime hediondo ele não poderá recorrer em liberdade.

Os advogados de frederico alegaram se tratar de legítima defesa. Ele teria atirado ao ser contido durante a discussão e não teria intenção de matar a filha, mas os laudos apresentados pela polícia científica durante o julgamento indicam que ao menos um dos disparos que matou maira foi à queima roupa.

Últimas