São Paulo Homem que se apresentava como professor de futebol para abusar de crianças é condenado em SP

Homem que se apresentava como professor de futebol para abusar de crianças é condenado em SP

Ele foi condenado a 72 anos em regime fechado pelo estupro de quatro crianças. Casos ocorreram em Santa Isabel e na capital

  • São Paulo | Nayara Paiva, da Agência Record*

Mesmo sem qualificação, homem prometia profissionalizar crianças no esporte

Mesmo sem qualificação, homem prometia profissionalizar crianças no esporte

Tânia Rego/Agência Brasil

Um homem acusado de abusar de quatro crianças com menos de 12 anos foi condenado, nesta quinta-feira (11), a 72 anos de prisão em regime fechado. O caso ocorreu na cidade de Santa Isabel, no interior de São Paulo, e na capital, em junho do ano passado.

De acordo com o MP-SP, o homem, de 54 anos, organizava escolinhas e treinos de futebol para atrair crianças e adolescentes.

Mesmo sem formação profissional, ele se aproximava dos meninos, ganhava a confiança deles e exercia influência sobre as crianças com promessas de futuro no mundo do futebol. Assim, o homem passou a praticar abusos sexuais contra os garotos, em Santa Isabel.

O acusado morava no bairro paulistano da Penha. Lá, atraía crianças e adolescentes da região para lhes ensinar o esporte, sempre com promessas de profissionalizar os alunos.

Ele chegou a frequentar a casa dos pais dos meninos e dar presentes às crianças. O falso professor de futebol se aproveitava dos momentos em que ficava sozinho com as vítimas, na quadra onde os treinos eram realizados ou em sua própria casa, para cometer os abusos.

O homem foi preso no dia 16 de junho de 2021, no Parque São Lucas, na zona leste de São Paulo. Porém, estava foragido desde o dia 28 de abril de 2021.

*Estagiária sob supervisão de Letícia Dauer

Últimas