São Paulo Homem que se passava por delegado e investigador da Polícia Civil é preso em SP

Homem que se passava por delegado e investigador da Polícia Civil é preso em SP

Ele tem passagem pela Justiça Federal por usar documentos falsos e foi condenado por porte de arma e usurpação de função pública 

  • São Paulo | Isabelle Gandolphi, da Agência Record

Munições de grosso calibre e armas falsas foram apreendidas

Munições de grosso calibre e armas falsas foram apreendidas

Divulgação/Polícia Civil

Um homem, de 42 anos, que se passava por investigador e delegado da Polícia Civil foi preso em flagrante, na manhã desta segunda-feira (5), na Vila Medeiros, na zona norte de São Paulo.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Compartilhe esta notícia no Telegram

De acordo com a polícia, uma denúncia anônima levou as equipes de investigação do 73° Distrito Policial até a residência do suspeito, identificado como Leandro Russo da Silva. Nesta segunda, um mandado de busca e apreensão foi cumprido.

Segundo um boletim de ocorrência registrado em 2019, o homem chegou a fingir que era um delegado do DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa). Ele também tem passagem pela Justiça Federal por usar documentos falsos e já foi condenado por porte de arma e usurpação de função pública.

Durante o cumprimento do mandado, foram apreendidos um distintivo, duas réplicas de arma e uma granada de gás lacrimogêneo, além de munições de calibre 12.

A Polícia Civil vai seguir com a investigação para descobrir se Leandro obteve alguma vantagem ilícita e para identificar como a granada foi adquirida. A principal suspeita é que o artefato tenha sido fornecido por outro policial.

Até a publicação da reportagem, a defesa de Leandro não foi localizada.

Últimas