São Paulo Jovem atira e mata padrasto após briga na zona sul de São Paulo

Jovem atira e mata padrasto após briga na zona sul de São Paulo

Segundo informações dos familiares, os dois já tinham um histórico de conflitos. Vítima estaria tentando dar conselhos ao enteado

  • São Paulo | Edilson Muniz, da Agência Record

Um jovem atirou, matou o padrasto e fugiu após um desentendimento na casa em que viviam, no conjunto habitacional na rua Gingadinho com travessa na rua Tajal, região do Capão Redondo, zona sul de São Paulo, por volta das 20h desta terça-feira (5).

O padrasto, de prenome Jaime, estaria ajudando o filho com o dever quando foi assassinado

O padrasto, de prenome Jaime, estaria ajudando o filho com o dever quando foi assassinado

Reprodução/Record TV - 06.04.2022

O enteado, de 19 anos, entrou no local e seguiu em direção ao hall de entrada, onde fica a porta do apartamento que vivia o padrasto, Jaime, que no momento ajudava o filho a fazer os deveres da escola. O jovem teria forçado a porta e conseguido se encontrar com a vítima, que foi atingida por um disparo na nuca.

Após o crime, o ele fugiu e ainda não foi localizado. Segundo a polícia, a mulher do atirador está grávida. A equipe de resgate foi acionada para prestar os primeiros socorros e encaminhou Jaime para o pronto socorro do Hospital Campo Limpo, onde passou por cirurgia e segue internado.

Segundo familiares, Jaime e o enteado tinham um histórico de conflitos. A vítima estaria tentando dar conselhos para o jovem, que teria tido problemas com a justiça, com passagem pela Fundação Casa de São Paulo.

O caso foi apresentado no 47° DP (Capão Redondo), que deve investigar o caso para tentar encontrar o atirador.

Últimas