São Paulo Jovem é raptado por mascarados em Paraisópolis, zona sul de São Paulo

Jovem é raptado por mascarados em Paraisópolis, zona sul de São Paulo

Na tarde deste sábado (17), dois homens perseguiram e atiraram no adolescente Mateus Gomes Oliveira, de 17 anos; a família procura por pistas

  • São Paulo | Carolina Lopes, da Agência Record, e R7

um boné bege, uma blusa de time e uma calça jeans azul (esquerda) quando foi raptado

um boné bege, uma blusa de time e uma calça jeans azul (esquerda) quando foi raptado

Arquivo pessoal

Um jovem de 17 anos foi raptado e visto pela última vez na rua Manuel Antonio Pinto, em Paraisópolis, zona sul de São Paulo, por volta das 15h00 deste sábado (14).

Mateus Gomes Oliveira saiu de casa para jogar futebol com os amigos no bairro de Paraisópolis. Mas, ao invés disso, pararam em uma feira para comer pastel, onde foi registrada uma última foto sua antes do desaparecimento.

Os amigos se separaram, cada um a caminho de sua casa. Ele estava acompanhado de um deles quando um carro na cor prata parou próximo aos jovens. Dele, saíram dois homens encapuzados  que correram atrás de Mateus e do amigo, que correram em direções diferentes.

De acordo com uma moradora da região, que entrou em contato com a família, os homens estavam armados e dispararam, mas não se sabe se os tiros acertaram Mateus. Eles conseguiram alcança-lo e o levaram.

De acordo com o cunhado, Rodrigo, o primo do amigo que estava com Mateus foi ao local do ocorrido ainda na parte da tarde para tentar conseguir alguma informação. Ele procurou câmeras de segurança que pudessem ter capturado o momento, mas não encontrou.

A família mandou mensagens para o celular de Mateus e tentou ligações via WhatsApp, que foram recebidas apenas às 18h00, mas não obtiveram resposta.

Todas as informações que a família tem até o momento foram obtidas através de Wesley e de moradores da região que viram os anúncios nas redes sociais.

Mateus Gomes Oliveira é morador do Jardim Irene e bolsista na Universidade Presbiteriana Mackenzie. Quando foi visto pela última vez, ele vestia um boné bege, uma blusa de time e uma calça jeans azul.

De acordo com o cunhado, Rodrigo, o caso está sendo registrado no 89º DP do Morumbi.

O boletim de ocorrência será enviado por Rodrigo para o whatsapp da Agência Record.

Últimas