São Paulo Justiça decreta prisão de cuidadora que esqueceu criança no carro

Justiça decreta prisão de cuidadora que esqueceu criança no carro

Arthur, de 2 anos, morreu após permanecer por 3h trancado no veículo estacionado na rua, sob forte calor, em Bauru (SP)

  • São Paulo | Do R7

Menino de 2 anos morre após ser esquecido no carro por 3h sob forte calor

Menino de 2 anos morre após ser esquecido no carro por 3h sob forte calor

Reprodução/Record TV

A Justiça de Bauru, no interior de São Paulo, converteu a prisão em flagrante para preventiva da cuidadora Gláucia Aparecida Luiz, de 35 anos, em razão da morte de um menino de 2 anos e meio, esquecido por cerca de 3h dentro de um carro sob forte calor — no dia em que a cidade registrou a maior temperatura dos últimos dias: 36°C. Com a decisão, foi negado o pedido de liberdade provisória feito pela defesa da acusada.

De acordo com a Polícia Civil, a cuidadora mantinha uma espécie de creche clandestina, que funcionava na casa dela, e tomava conta de 18 crianças. Para isso, ela tinha ajuda apenas da filha, de 16 anos.

Por meio de nota, o advogado da acusada disse que não irá se pronunciar sobre o métito até que as investigações sejam concluídas.

A defesa esclareceu que Glaucia e a família "estão colaborando veementemente com as investigações a fim de esclarecer os fatos, até porque Glaucia não teve a intenção de levar a criança a óbito, tampouco de machucá-la, ao contrário do quem vem repercutindo na imprensa e nos telejornais."

O comunicado termina com as condolências à família de Arhtur, "especialmente porque nunca houve a intenção de ocasionar tal resultado."

Últimas