São Paulo Justiça determina preservação de sede do DOI-Codi em São Paulo

Justiça determina preservação de sede do DOI-Codi em São Paulo

Estão proibidos novos usos das dependências ou instalação de serviços públicos no local, onde será construído um memorial

  • São Paulo | Da Agência Brasil

Imóvel já é tombado pelo patrimônio histórico estadual

Imóvel já é tombado pelo patrimônio histórico estadual

Rovena Rosa/ Agência Brasil

A Justiça determinou a preservação dos elementos estruturais e arquitetônicos dos prédios que compõem as antigas instalações da sede do DOI-Codi (Destacamento de Operações de Informação – Centro de Operações de Defesa Interna), para onde eram levados os presos durante o regime militar, na rua Tutóia, bairro do Paraíso, na capital paulista. A ação foi movida pela Promotoria de Justiça de Direitos Humanos do Ministério Público do estado de São Paulo.

Segundo a decisão da Fazenda Pública, estão proibidos novos usos das dependências ou a instalação de outros serviços públicos no local. Além da conservação das estruturas físicas, ficou determinada a elaboração de um memorial.

O imóvel, que pertence à Secretaria da Segurança Pública, já é tombado pelo patrimônio histórico estadual e, com a decisão, ganha políticas públicas para a sua preservação.

O MP-SP (Ministério Público de São Paulo) sugeria também a transferência da Secretaria Estadual de Cultura para o DOI-Codi, mas o pedido foi rejeitado pela Justiça.

Últimas