São Paulo  Justiça inocenta menor de 16 anos acusado de roubo em Guarulhos

 Justiça inocenta menor de 16 anos acusado de roubo em Guarulhos

Gustavo, de 16 anos foi apreendido durante 42 dias, após ter sido abordado por PMs quando saía de casa para comprar pão e leite

  • São Paulo | Do R7*, com informações do Balanço Geral

Ministério Público pediu a absolvição dos acusados

Ministério Público pediu a absolvição dos acusados

Divulgação/ Fundação Casa- 20.10.2021

A Justiça inocentou um adolescente de 16 anos, que esteve apreendido durante 42 dias sem provas, após ser abordado por autoridades ao sair de casa para comprar pão e leite.

Gustavo havia sido acusado de roubar uma moto e atirar contra policiais em Guarulhos, na Grande São Paulo.

Na decisão, o juiz declarou a inexistência do crime por um erro jurídico. Não somente o jovem havia sido como também Jefferson Santa Reis, de 26 anos, foi detido no mesmo dia. Os dois foram apontados pela Polícia Militar como autores do roubo de uma moto, e de trocarem tiros com a polícia durante uma perseguição.

Segundo a investigação, Raquel (mãe de Gustavo) conseguiu imagens de câmeras de segurança em que ela e o filho aparecem retornando da escola de carro, local onde eles teriam ido efetuar a matrícula do ano letivo do acusado. As roupas que ele estava usando não eram as mesmas utilizadas pelos criminosos no dia do assalto.

Diante das provas, o Ministério Público pediu a absolvição dos acusados e confimou que, no dia dos fatos, Gustavo tinha passado o dia inteiro com a mãe.

Gustavo foi recebido por familiares e amigos, que festejaram com uma queima de fogos. A família pretende processar o Estado, uma vez que o próprio juiz apontou um erro jurídico na apreensão do adolescente.

Últimas