São Paulo Ladrões escavam túnel para desviar óleo diesel de duto da Petrobras

Ladrões escavam túnel para desviar óleo diesel de duto da Petrobras

Grupo criminoso aluga casa em SP para colocar em prática um tipo de ação que causa prejuízo anual de R$ 150 milhões à empresa

  • São Paulo | Do R7, com informações da Record TV

Grupo criminoso alugou imóvel em comunidade de SP para escavar túnel

Grupo criminoso alugou imóvel em comunidade de SP para escavar túnel

Reprodução/Record TV

Um grupo criminoso escavou um túnel e desviaram ceca de 1.3 mil litros de óleo diesel de um duto da Petrobras em São Paulo. Para colocar o plano em prática, os ladrões — que conseguiram fugir — compraram um imóvel em uma comunidade na zona leste da cidade.

Os suspeitos trabalharam noite e dia na retirada de terra do túnel que tinha aproximadamente cinco metros de extensão. Uma válvula foi instalada para fosse acoplada a mangueira usada para desviar o produto e abastecer caminhões que paravam do lado de fora do terreno.

O furto de diesel, gasolina e nafta (outro derivado do petróleo) causa prejuízos de aproximadamente R$ 150 milhões por ano. Grande parte dos crimes ocorrem nos estados de São Paulo e do Rio de Janeiro. A maior dificuldade da empresas e das autoridades é monitorar cerca de 15 mil quilômetros de dutos que cortam o país.

"O combustível mais furtado é o diesel. Quase metade do volume extraído se refere ao diesel. E, obviamente, há um interesse muito grande em abastecer o mercado clandestino nas grandes capitais do país", afirmou Marcos Galvão, coordenador do Programa Petrobras de proteção de dutos.

O especialista alerta também que o crime, além dos prejuízos financeiros, pode gerar riscos aos moradores da região. "Gasolina, nafta, diesel são produtos, combustíveis altamente inflamáveis e pelo vazamento se houver alguma ignição um grande acidente de grandes proporções pode acontecer", complementou Marcos Galvão.

Segundo a Polícia Civil, 20 suspeitos foram presos em São Paulo neste ano. Entre os detidos, está Antônio Basílio Rocha Junior. De acordo com os investigadores, ele é um dos criminosos mais especializados no furto de combustíveis em todo o Brasil.

"Ele é agenciador, tem contato, [é] um cara bom de conversa. Então, ele consegue fazer a captação do cara que mexe com duto. Ele tem muito contato e acesso com o receptador, consegue fazer esse interface e tem a expertise do negócio", contou o delegado Ricardo Domingues.

Últimas