São Paulo Mãe de madrinha de escola de samba diz que filha foi morta por 'inveja'

Mãe de madrinha de escola de samba diz que filha foi morta por 'inveja'

Renata Nunes morreu ao cair de uma escada, e filho de 8 anos diz que ela foi empurrada por amiga, que nega

  • São Paulo | Do R7

Renata Nunes, da Leandro de Itaquera

Renata Nunes, da Leandro de Itaquera

Reprodução/Record TV

“Eu só espero justiça.” Com essa frase, a mãe da madrinha de harmonia da escola de samba Leandro de Itaquera, Renata Nunes, que morreu na semana passada após cair de uma escada, deixou o 64ª DP (Distrito Policial) na quarta-feira (23). Pouco antes, a amiga de Renata, que mora na casa onde a musa morreu, apresentou-se ao delegado e negou ter empurrado a amiga do alto da escadaria.

A versão, no entanto, não convenceu Elaine, mãe de Renata. E tampouco o filho de 8 anos da madrinha de harmonia, que estava no local e afirma que houve um empurrão.

Elaine afirmou à Record TV que Valéria, a amiga investigada, tinha inveja de Renata. Ela falava ”essa mulher tem uma mania comigo que não pode me ver“, disse. Segundo a mãe, Renata "chamava a atenção" por onde passava, o que incomodava determinadas pessoas. Elaine diz querer justiça. “Só peço a Deus que ela pague. Eu não vou sossegar enquanto ela não estiver na cadeia”, afirma.

Discussão

Valéria afirmou à polícia que discutiu com Renata, mas não a empurrou. Disse que chegou a jogar água na amiga, e que Renata subiu a escada para tirar satisfação. Já em cima, teria segurado Valéria pela blusa. Ao se afastar e se desvencilhar de Renata, ela teria perdido o equilíbrio e caído, contou, segundo a investigação do 64º DP.

Após o depoimento, Valéria foi conduzida ao IML (Instituto Médico-Legal). Ela teria arranhões no peito que comprovariam sua versão e também se comprometeu a levar à polícia a blusa que usava no dia.

Renata caiu de costas, e foi constatado traumatismo cranioencefálico. Para entender melhor a dinâmica do crime, a polícia deverá fazer uma reconstituição do caso nos próximos dias.

A escola de samba Leandro de Itaquera divulgou uma nota em que lamentou a perda e disse se solidarizar com a família. Renata é ex-enteada de Beto Jamaica, uma das lendas do axé baiano.

Últimas