São Paulo Mais de 500 agentes do estado de SP prestam apoio às vítimas das fortes chuvas no litoral norte

Mais de 500 agentes do estado de SP prestam apoio às vítimas das fortes chuvas no litoral norte

Serviços de água, luz e telefonia estão comprometidos em razão da queda de postes e sedimentos de estações de tratamento de água

  • São Paulo | Do R7

Sete helicópteros Águia, do Comando de Aviação da PM, também prestam apoio na região

Sete helicópteros Águia, do Comando de Aviação da PM, também prestam apoio na região

Divulgação/Governo do Estado de São Paulo - 20.02.2023

Mais de 500 agentes, entre servidores das forças de segurança e resgate do Governo do Estado de São Paulo, prestam apoio nas ações de salvamento e identificação das vítimas das fortes chuvas que atingiram o litoral norte durante o fim de semana.

Profissionais das Forças Armadas, Polícia Federal e Prefeitura de São Sebastião, além de voluntários, ajudam no resgate. De acordo com o governo, 53 viaturas do Corpo de Bombeiros, 53 maquinários, 7 helicópteros Águia, do Comando de Aviação da Polícia Militar, e 2 aeronaves do Exército Brasileiro trabalham desde domingo (19) para prestar apoio às vítimas.

Três helicópteros Águia deverão chegar nesta segunda-feira (20) para auxiliar nos trabalhos.

O município de São Sebastião, principalmente na região da costa sul, foi o mais afetado pelos temporais. As regiões da Barra do Sahy e Juquehy estão isoladas em razão da queda de barreiras ao longo da rodovia.

Serviços essenciais comprometidos

Os serviços de água, luz e telefonia estão comprometidos em razão da queda de postes e do carreamento de sedimentos para as estações de tratamento de água. As concessionárias responsáveis atuam para restabelecer o fornecimento.

A prioridade continua no socorro às vítimas e aos mais de 970 desalojados e 747 desabrigados. Até o momento, foram confirmados 36 óbitos, sendo 35 em São Sebastião e 1 em Ubatuba.

A Polícia Civil e a Superintendência da Polícia Técnico-Científica reforçaram os efetivos na região para dar mais celeridade aos trabalhos de polícia judiciária e de identificação das vítimas.

Uma equipe com 40 servidores, entre peritos e auxiliares, atuará no IML (Instituto Médico Legal) de Caraguatatuba. Outros 12 papiloscopistas do IIRGD (Instituto de Identificação Ricardo Gumbleton Daunt) atuarão em apoio aos profissionais no IML de Caraguatatuba e no serviço de verificação de óbitos de Ubatuba.

Vítimas da chuva atendidas e reforço em hospitais

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, 11 pacientes vítimas das chuvas foram atendidos nos hospitais da região, principalmente nos do litoral norte.

Outros quatro pacientes estão em transferência para a unidade neste momento por meio de helicópteros Águia, da Polícia Militar, com o apoio do Grau.

As unidades estão em alerta desde domingo para receber os possíveis feridos do desastre que atingiu a região. Caso necessário, elas poderão abrir leitos. Outras unidades de saúde da Baixada Santista, do Alto Tietê e da capital também estão aptas a receber os feridos.

Além de reforçar o atendimento, o governo encaminhou um conjunto de insumos ao atendimento às vítimas desse desastre. Foram enviadas 940 bolsas de glicose, 900 bolsas de soro, 180 kits intravenosos, 30 kits de sutura, 30 talas para imobilização, além de sedativos e outros medicamentos.

Últimas