Marido confessa ter asfixiado e matado mulher na Grande SP

Polícia solicitou a prisão temporária do homem e agora aguarda decisão judicial. O caso, que ocorreu em Guarulhos, é investigado como feminicídio

Reprodução/Google Street View

O marido da mulher encontrada morta em uma casa em Guarulhos, na Grande São Paulo, na noite de terça-feira (16), confessou a autoria do crime. A polícia solicitou a prisão temporária do homem e o caso é investigado como feminicídio.

Segundo o boletim de ocorrência, após encontrarem o corpo da mulher de 29 anos com sinais de asfixia, os policiais militares foram informados por testemunhas que o autor seria o marido dela, que teria fugido do local logo após o crime, que ocorreu na manhã de domingo (14).

O homem foi encontrado em uma instituição para tratamento de dependentes químicos, onde confessou o crime.

Exames de perícia foram solicitados ao Instituto de Criminalística e ao IML (Instituto Médico Legal), e a polícia aguarda agora a decisão judicial pela prisão temporária do homem.

O caso

O corpo da mulher foi encontrado dentro de uma casa em Guarulhos, na Grande São Paulo, na noite de terça-feira (16), por volta das 20h30.

Vizinhos acionaram a polícia ao endereço. Quando chegaram ao local, os policiais encontraram a mulher morta com sinais de asfixia.