São Paulo Médico é acusado de agredir professora em UBS de Piracaia (SP)

Médico é acusado de agredir professora em UBS de Piracaia (SP)

Profissional estava sem máscara durante atendimento o que teria iniciado discussão. Vítima registrou boletim de ocorrência 

  • São Paulo | Do R7

Vídeo mostra agressão dentro de UBS

Vídeo mostra agressão dentro de UBS

Reprodução

Uma professora foi vítima de agressão durante um atendimento médico em uma UBS (Unidade Básica de Saúde) na cidade de Piracaia, interior de São Paulo, nesta quarta-feira (10). As informações são da Record TV.

Lia Costa publicou em suas redes sociais vídeos que mostram a dicussão dentro da unidade de saúde. Nas imagens é póssível quando o médico psiquiatra faz amaeças e tenta arrancar o celular da mão da educadora.

Ainda segundo a vítima, o médico teria ficado agressivo depois que ela questionou a falta do uso da máscara de proteção dentro da UBS.

Ambos registram boletim de ocorrência, Lia por agressão e o médico por calúnia e difamação depois da publicação nas redes sociais.

Em nota, a Prefeitura de Piracaia diz que, depois da repercusão do caso, está apurando os fatos e que só irá se pronunciar depois da conclusão dos procedimentos administrativos adotados.

Últimas