São Paulo Milhares de pessoas se reúnem em SP em ato contra suicídio de jovens

Milhares de pessoas se reúnem em SP em ato contra suicídio de jovens

Manifestação organizada pela FJU (Força Jovem Universal) caminhou pela avenida Paulista, na capital paulista, na tarde deste domingo (20)

Manifestação reuniu milhares de jovens na avenida Paulista

Manifestação reuniu milhares de jovens na avenida Paulista

Kaique Dalapola/R7

Rostos maquiados de zumbis, faixas, cartazes e gritos marcaram a caminhada organizada pela FJU (Força Jovem Universal) na avenida Paulista, na tarde deste domingo (20), para alertar sobre problemas enfrentados pela juventude.

“O evento é uma manifestação contra o suicídio, abordando temas como a automutilação, depressão, abuso, entre outras coisas que o jovem sofre calado. Por isso o nome é ‘Help — Quebrando o Silêncio’”, conta o pastor Vinicius Rodrigues, representante da FJU.

Jovem aplica maquiagem de zumbi em participante

Jovem aplica maquiagem de zumbi em participante

Kaique Dalapola/R7

De acordo com a organização, o ato contou com cerca de 6.000 pessoas. A manifestação teve início às 14h, com concentração no vão livre do Masp. A caminhada começou às 15h.

Os jovens ocuparam duas faixas da avenida Paulista, caminharam até a esquina com a avenida Brigadeiro Luís Antônio e retornaram ao Masp, finalizando a manifestação por volta das 16h.

Manifestação começou e terminou no vão livre do Masp

Manifestação começou e terminou no vão livre do Masp

Kaique Dalapola/R7

Os jovens carregavam cartazes com frases como "não se entregue à dor", "stop bullyng" e "não te julgo, te ajudo", além de entoar gritos como "saiba dizer não" e "vale viver".

No final, centenas de balões foram distribuídos para representar a luta contra os problemas enfrentado pela juventude e mostrar sobre a liberdade que eles devem ter para expor as situações.

Leia mais notícias de São Paulo