São Paulo Modelo é achada morta e com o corpo carbonizado em Ilhabela (SP)

Modelo é achada morta e com o corpo carbonizado em Ilhabela (SP)

Larissa dos Santos Correia morava em Santos e tinha viajado para o litoral norte. Câmeras mostram entrada de suspeito na casa

  • São Paulo | Do R7, com informações do Cidade Alerta, da Record TV

Larissa dos Santos, morta em Ilhabela

Larissa dos Santos, morta em Ilhabela

Reprodução: Record TV

A modelo Larissa dos Santos Correia, de 23 anos, foi assassinada na noite da sexta-feira (8), em Ilhabela, litoral norte de São Paulo. A jovem foi encontrada com o corpo carbonizado em cima de sua cama. 

O caso ocorreu em uma residência na rua José Dias Barbosa, no bairro do Perequê. De acordo com imagens de câmeras de monitoramento, um homem chegou ao local por volta das 22h16. Ele enviou mensagens por celular e se dirigiu até a parte de trás da residência, retornou e parou em frente ao portão. Nesse momento, Larissa abriu o portão por acionamento eletrônico.

Nas imagens, é possível ver a luz do quarto acesa no momento em que o suspeito adentrou o local. Às 22h48, 32 minutos após o homem ter entrado na residência, a luz do quarto é apagada, ele sai e caminha em direção à avenida Princesa Isabel.

Uma vizinha percebeu que o imóvel estava pegando fogo e chamou os bombeiros. Assim que entraram no quarto, eles encontraram o corpo de Larissa em cima da cama carbonizado. Pelas informações preliminares, ela pode ter sido asfixiada antes de o suspeito ter ateado fogo no corpo dela.

De acordo com uma amiga, Larissa morava em Santos, litoral sul do estado, e teria chegado a esse endereço em Ilhabela naquele mesmo dia. 

Nas imagens do interior da residência, as quais a reportagem do Cidade Alerta teve acesso, é possível ver a vítima desfalecida na cama, com as pernas projetadas para o chão e com um pano em sua boca.

Apesar de embaçadas, as imagens mostram um homem saindo da casa de Larissa

Apesar de embaçadas, as imagens mostram um homem saindo da casa de Larissa

Reprodução: Record TV

A polícia científica foi acionada e periciou o local. Foram localizados carregadores de celular, uma máquina de cartões de crédito e uma bolsa, que estava embaixo da vítima. De acordo com a Polícia Militar, os dois smartphones de Larissa não foram localizados até o momento.

O corpo da jovem foi encaminhado para perícia no Instituto Médico-Legal, que deve apurar a causa da morte. O caso deverá ser investigado pela Polícia Civil de Ilhabela.

Últimas