Monotrilho de SP tem reabertura parcial após três meses parado

Linha foi reaberta nesta segunda-feira (1º), no trecho entre as estações Vila Prudente e Jardim Planalto, após período de testes e investigações 

Jhonny Morais/Futura Pres/Estadão Conteúdo

A Linha 15-Prata do Metrô de São Paulo voltou a funcionar parcialmente nesta segunda-feira (1º), após três meses de paralisação devido ao rompimento de um dos pneus do monotrilho. A linha foi reaberta  às 17h, no trecho entre as estações Vila Prudente e Jardim Planalto,  após período de testes e investigações realizados pela fornecedora dos trens, Bombardier.

A partir desta terça-feira (2), o trecho vai funcionar em horário normal, das 4h40 à 00h. O trecho entre São Mateus e Jardim Planalto continua contando com os ônibus da operação Paese (Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência).

O monotrilho irá circular com "Operação Monitorada", os trens serão utilizados conforme o fluxo de pessoas. Segundo o Metrô, ainda são aguardados os laudos para a liberação do trecho por completo, que vai da estação Vila Prudente à estação São Mateus, na zona leste de São Paulo.

"Foi feito um minucioso trabalho para retomada segura da circulação na linha em parceria com o consórcio responsável pelo monotrilho", disse o governador João Doria, em rede social.