São Paulo Monumento em homenagem a Carlos Marighella é pichado em São Paulo

Monumento em homenagem a Carlos Marighella é pichado em São Paulo

Guerrilheiro foi fundador da ALN, um dos principais órgãos na luta contra a Ditadura Militar

  • São Paulo | Do R7

Vândalos picharam um tridente e ainda deixaram uma frase na rua

Vândalos picharam um tridente e ainda deixaram uma frase na rua

Renato S. Cerqueira/Futura Press/Estadão Conteúdo

O monumento em homenagem ao guerrilheiro Carlos Marighella, instalado nos Jardins, em São Paulo, é visto pichado na manhã desta quarta-feira (8).

Com spray de tinta vermelha, vândalos picharam um tridente no marco que sinaliza o local onde o guerrilheiro foi morto. A placa de metal já havia sido arrancada. A pedra que restou está manchada há mais de um mês.

Vândalos também picharam a rua que abriga o monumento. No chão é possível ler a frase "Marighella vive no inferno".

Leia mais notícias de São Paulo

O guerrilheiro nasceu em 1911 e foi líder e fundador da ALN (Ação Libertadora Nacional), um dos principais órgãos na luta contra a Ditadura Militar no Brasil (1964-1985). Marighella foi torturado e morto em 1969, durante uma emboscada na alameda Casa Branca por agentes do Dops (Departamento de Ordem Política e Social).

Últimas