São Paulo Moradores protestam contra morte de jovens em favela de SP

Moradores protestam contra morte de jovens em favela de SP

Eles fizeram barricadas em manifestação contra morte de MC e outros dois jovens na noite de sábado, por atirador de moto

  • São Paulo | Do R7, com informações da Record TV

Moradores da Favela Alba, na Zona Sul de São Paulo, protestam nesta segunda-feira (27) pela morte de três jovens na noite de sábado (25). Moradores relataram que um motocilista passou pela região atirando e causou as três mortes.

Os moradores fizeram duas barricadas na Rua Alba, que dá nome à comunidade. A PM acompava o protesto por volta das 17h, quando parte dos manifestantes começou a jogar pedras em direção aos policiais, que responderam com bombas de efeito moral. 

Protesto com barricadas na Zona Sul de SP

Protesto com barricadas na Zona Sul de SP

Record TV

As vítimas eram amigos que estavam sentados, bebendo e conversando na hora do crime, na Rua Alba. Testemunhas disseram que o atirador chegou em uma moto e estacionou próximo ao trio de amigos. O homem desceu, caminhou até o grupo e começou a atirar. Após o crime, o suspeito voltou para a moto e fugiu sem levar nada.

Os três jovens chegaram a ser socorridos e levados ao Pronto-Socorro do Hospital Municipal Doutor Arthur Ribeiro de Saboya, mas não resistiram aos ferimentos e morreram.

Entre as vítimas, foram identificados dois jovens, um de prenome Alexandre e outro chamado Matheus Martins, conhecido como "MC Teteu da Alba" na comunidade. 

Imagens a que a Record TV teve acesso mostram as vítimas já caídas no chão após os disparos. Um segundo vídeo, gravado por uma moradora, flagrou a movimentação policial no local.

Até o momento, o atirador não foi localizado. A Polícia Civil investiga o caso como execução e procura esclarecer as motivações do crime.

Últimas