São Paulo Morte de homem achado pendurado em árvore foi causada por asfixia mecânica

Morte de homem achado pendurado em árvore foi causada por asfixia mecânica

Corpo foi descoberto por equipe de poda em Guarulhos, na Grande São Paulo. Caso foi registrado como morte suspeita, e possibilidade de suicídio é investigada

  • São Paulo | Do R7

Funcionários da prefeitura iam podar a árvore, mas encontraram o corpo, em Guarulhos

Funcionários da prefeitura iam podar a árvore, mas encontraram o corpo, em Guarulhos

Reprodução

O corpo de um homem em estado avançado de decomposição foi encontrado pendurado em uma árvore por funcionários da zeladoria da Prefeitura de Guarulhos, na Grande São Paulo, na quinta-feira (2). De acordo com a Polícia Científica, a asfixia mecânica foi apontada como a causa da morte.  

Os exames necroscópicos foram realizados no IML (Instituto Médico Legal) de Guarulhos. Em razão das condições do corpo, os médicos legistas não conseguiram realizar a papiloscopia, o método mais comum adotado pelos médicos legistas, que consiste na análise das impressões digitais e na comparação com o banco de dados.

O IML solicitou, segundo a Polícia Científica, o exame de DNA para descobrir a identidade da vítima. Até a tarde de segunda-feira (6), nenhum familiar tinha aparecido na unidade para identificar e liberar o corpo.

Na manhã de quinta-feira, o homem foi localizado pelos trabalhadores em cima de uma árvore que seria podada, na avenida Natália Zarif, próximo ao terminal de ônibus, no bairro Taboão.

O caso foi registrado como morte suspeita pelo 9° Distrito Policial de Guarulhos, que investiga a possibilidade de suicídio. "Foram solicitados exames ao Instituto de Criminalística (IC) e ao Instituto Médico Legal (IML)", informou a Secretaria de Segurança Pública.

Atropelamentos por ônibus se acumulam e deixam ao menos quatro mortos por ano em SP; veja os casos

undefined
Últimas