Motoristas de ônibus fazem paralisação e 7 linhas são afetadas

Grupo de aproximadamente 40 motoristas reivindica pagamento dos salários e benefícios. Protesto durou cerca de duas horas 

Garagem da viação TransUnião em Itaquera, zona leste de São Paulo

Garagem da viação TransUnião em Itaquera, zona leste de São Paulo

Reprodução/Google Street View

Motoristas de 12 linhas realizaram uma paralisação na garagem da viação TransUnião, em Itaquera, na zona leste de São Paulo, das 4h às 6h15 desta segunda-feira (13). 

Leia também: Rodízio de veículos volta a vigorar nesta segunda-feira em SP

Um grupo de aproximadamente 40 motoristas reivindica o pagamento dos salários e benefícios que, segundo eles, não foram pagos desde o último dia 5 de janeiro. De acordo com os manifestantes, a frota atende o Terminal Municipal de Sapopemba e as linhas se deslocam para outros pontos da zona leste, além do centro de São Paulo.

Os manifestantes afirmam que, pelo menos, 100 ônibus estão estacionados na garagem, localizada na rua Iososuke Okawe, número 488, sem previsão de liberação.

As lideranças do SindMotoristas de São Paulo (Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano) e a direção da TransUnião se reuniram para tentar um acordo.

Leia também: Donos de carros com placa 3 têm até hoje para pagar IPVA com desconto

Em nota, a SPTrans informou que acionou o Paese - Plano de Atendimento entre Empresas de Transporte em Situação de Emergência com 55 coletivos para atender as sete linhas afetadas. Os técnicos da SPTrans afirmam que acompanham a operação para monitorar o atendimento à população.

Veja todas abaixo: 

- 574R/10 Term. Sapopemba - Metrô Belém (10 coletivos)
- 3161/10 Jd. Colorado - Term. Pq. D. Pedro II (6 coletivos)
- 574C/10 São Mateus - Div. de São Caetano (6 coletivos)
- 476G/10 Jd. Elba - Ibirapuera (11 coletivos)
- 476G/41 Vl. Industrial - Metrô Ana Rosa (6 coletivos)
- 573A/10 Metrô Bresser - Vl. Alpina (10 coletivos)
- 575A/10 Div. São Caetano - Shop. Metrô Tatuapé (6 coletivos)