São Paulo Movimento convoca protesto em rua onde carroceiro foi morto por PM

Movimento convoca protesto em rua onde carroceiro foi morto por PM

Manifestação foi convocada pelo Facebook e está marcada para às 17h desta quinta-feira

Movimento convoca protesto em rua onde carroceiro foi morto por PM

Protesto está marcado para começar às 17h desta quinta-feira

Protesto está marcado para começar às 17h desta quinta-feira

Reprodução/Record TV

Um protesto pedindo justiça em nome do carroceiro Ricardo Silva Nascimento será realizado na rua Mourato Coelho, em Pinheiros, nesta quinta-feira (13). O local escolhido para a manifestação convocada pelo Facebook é o mesmo onde o morador de rua foi executado por um policial militar com dois tiros.

A vítima foi baleada em frente a uma pizzaria. Ele vivia na região há mais de 20 anos, segundo os moradores. O protesto está marcado para começar às 17h e foi organizado pelo Pimp my Carroça, movimento que faz pinturas nas carroças dos catadores de materiais recicláveis.

Ontem, com a área já isolada, policiais militares pegaram o carroceiro baleado e carregaram até a viatura. Ricardo foi colocado dentro do porta malas.

Ao lado do local onde morreu, Ricardo deixou estacionados seus dois carrinhos de mão. Ele os usava para recolher recicláveis na região. Os dois estavam completamente cheios. Os moradores da região, que o conheciam, falaram que a quantidade de recicláveis seria resultado de um dia inteiro de trabalho.

Durante o registro do caso, com base no depoimento de testemunhas, o DHPP concluiu que não houve ilegalidade na ação do policial militar. Mesmo assim, um inquérito foi instaurado.

Investigadores e policiais da corregedoria — que também apura o caso — devem voltar ao local do crime para analisar imagens de câmeras de segurança. Os moradores que conheciam Ricardo criticaram a ação da polícia militar e disseram que ele era uma pessoa tranquila.