São Paulo MP-SP cobra R$ 7 milhões de Cocielo por racismo contra jogador Mbappé

MP-SP cobra R$ 7 milhões de Cocielo por racismo contra jogador Mbappé

Promotoria de Direitos Humanos ajuizou ação por dano social após ele dizer que o atleta francês "conseguiria fazer uns arrastão top na praia"

Youtuber condenado por racismo

Youtuber Cocielo é condenado a pagar R$ 7 milhões por racismo durante a Copa

Youtuber Cocielo é condenado a pagar R$ 7 milhões por racismo durante a Copa

A Promotoria de Direitos Humanos ajuizou uma ação civil pública contra o youtuber Júlio Cocielo por racismo, na quarta-feira (12). O MP-SP (Ministério Público de São Paulo) pede que a Justiça condene o youtuber a pagar R$ 7.498.302 milhões por dano social coletivo. Os promotores também pedem a quebra do sigilo bancário de Cocielo.

Cocielo é acusado de racismo após piada com jogador francês

Durante a Copa do Mundo da Rússia, Cocielo usou uma de suas redes sociais para comentar o desempenho do jogador francês. “Mbappé conseguiria fazer uns (sic) arrastão top na praia, heim?”

Eduardo Valério e Bruno Orsini Simonetti, os dois promotores responsáveis pelo caso, declararam na ação de Justiça que Cocielo comparou a velocidade do atleta negro aos assaltantes que roubam na praia, que na visão do youtuber seriam negros e precisam ser rápidos.

Abandonado por youtubers, Júlio Cocielo vira alvo de famosos

Mbappé foi alvo de comentários racistas de Cocielo

Mbappé foi alvo de comentários racistas de Cocielo

Lance

O que agravou a ação contra Cocielo foram outros comentários racistas em seu twitter entre 2010 e 2018. Para os promotores, ele usou a rede social para "violar direitos fundamentais, além de ofender e violar os direitos humanos, a Constituição Federal e Tratados Internacionais de Direitos Humanos", informou o MP-SP por nota.

Segundo Eduardo Valério e Bruno Orsini Simonetti, após a repercussão negativa do caso, Cocielo apagou mais de 50 mil tuítes de sua conta. Antes de comentar sobre o Mbappé, em 30 de junho de 2018, ele tinha 81,6 mil publicações no Twitter. No dia seguinte, contava com 32,4 mil e um único tuíte aparecia em sua linha do tempo, um pedido de desculpas a respeito do comentário sobre o jogador. Três dias depois sua rede social tinha ainda menos publicações, cerca de 29,2 mil.

Cocielo ganha seguidores mesmo após comentários racistas

A reportagem do R7 entrou em contato com a assessoria de Júlio Cocielo, mas foi informada que eles não comentariam o caso.

*Estagiário do R7, com supervisão de Ingrid Alfaya

    Access log