São Paulo Mulher morre após ser baleada enquanto dançava com amigo em festa junina em Itatiba (SP)

Mulher morre após ser baleada enquanto dançava com amigo em festa junina em Itatiba (SP)

Vítima, Gleiciane Souza, de 27 anos, foi atingida no peito. Após o crime, homem fugiu do local e, até o momento, não foi localizado

  • São Paulo | Do R7, com informações da Record TV

Vítima dançava com amigo ao ser atingida por um disparo no interior de SP

Vítima dançava com amigo ao ser atingida por um disparo no interior de SP

Reprodução/Record TV - 28.06.2022

Uma mulher morreu após ser baleada no peito em uma chácara na cidade de Itatiba, no interior de São Paulo, no domingo (26). A vítima, Gleiciane Souza, de 27 anos, dançava com um amigo na festa junina que ocorria no local quando foi atingida pelo disparo.

Câmaras de segurança da chácara flagraram a ação. Um homem, que usava uma blusa de frio azul com capuz, parou em frente aos amigos, tirou a arma do bolso e atirou no peito de Gleiciane.

A ação é rápida, mas é possível notar que a mulher se espanta com o revólver. Após ser atingida, ela primeiro cai ajoelhada e, em seguida, morre.

Após o crime, o homem fugiu do local com um carro. A polícia encontrou o veículo no dia seguinte, abandonado em um município vizinho.

Além disso, a arma que o suspeito usou foi deixada na chácara onde ocorreu o crime. Ela estava com a numeração raspada e foi entregue à polícia com o carregador, que ainda continha munições intactas.

Apesar das imagens, a Polícia Civil apura o caso para entender se o disparo foi intencional, se o atirador e a vítima eram conhecidos e se tinham algum relacionamento amoroso.

O crime foi registrado como feminicídio na delegacia de Itatiba e encaminhado para a cidade de Jundiaí, também no interior paulista.

Últimas