São Paulo Novas fotos flagram desembargador que humilhou GCMs sem máscara

Novas fotos flagram desembargador que humilhou GCMs sem máscara

Eduardo Siqueira confirma que é ele nas imagens registradas na praia de Santos, no litoral de SP, mas diz que não sabe quando foram tiradas

  • São Paulo | Do R7, com informações da Record TV

Desenbargador Eduardo Siqueira é visto sem máscara

Desenbargador Eduardo Siqueira é visto sem máscara

Reprodução

Imagens que circulam nas redes sociais sugerem que o desembargador Eduardo Siqueira, que foi gravado no mês passado humilhando um GCM (Guarda Civil Municipal) de Santos após ser autuado por não usar máscara, estava novamente na praia sem utilizar a proteção obrigatória para conter a disseminação do novo coronavírus.

As fotos foram registradas na praia de Santos — mesma cidade onde o desembargador humilhou os guardas. Por meio de nota, Siqueira confirma que é ele nas imagens, mas diz não saber quando foi.

O desembargador afirma que, desde quando foi autuado pela falta do uso de máscara e a divulgação do vídeo, está utilizando a proteção facial para fazer a caminhada matinal.

No entanto, ainda segundo ele, esporadicamente abaixa a máscara para respitar como "parecem fazer todos os cidadãos, a quem as mexeriqueiras de plantão não dão tanta atenção".

Leia também: ‘Nos dá vergonha alheia’, diz ex-colega de desembargador de Santos

Conduta de Siqueira é alvo de duas apurações em andamento

Conduta de Siqueira é alvo de duas apurações em andamento

Reprodução

A conduta de Siqueira é alvo de duas apurações que estão em andamento. A Corregedoria Nacional de Justiça investiga se ele cometeu infração disciplinar na história que aconteceu no mês passado. Os dois guardas que estavam na ocasião vão pestar depoimento, via videoconferência, nesta sexta-feira (7).

A defesa do desembargador diz ter sido vítima de armação, e que o decreto que exige o uso de máscara de proteção em Santos é incostitucional. Além disso, a defesa de Siqueira afirma que os GCMs cometeram abuso de autoridade.

Últimas