São Paulo Número de mortos por chuvas em SP ultrapassa 20, e buscas seguem

Número de mortos por chuvas em SP ultrapassa 20, e buscas seguem

Temporais deixaram cerca de 660 famílias desabrigadas ou desalojadas. Governo liberou R$ 15 milhões para dez cidades

  • São Paulo | Do R7

Bombeiros continuam buscas por vítimas de chuvas em São Paulo

Bombeiros continuam buscas por vítimas de chuvas em São Paulo

Reprodução Record TV

O número de mortos pelas fortes chuvas que atingiram o estado de São Paulo já ultrapassa 20. A Prefeitura Municipal de Franco da Rocha chegou a divulgar um número de vítimas que contabilizava o total de 23 mortos, mas, em seguida, corrigiu a informação. Até o momento, são 21 mortos no estado e cerca de 660 desabrigados ou desalojados.

De acordo com o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil Estadual, até as 5h30 desta segunda-feira (31), há 21 mortes confirmadas em decorrência dos temporais que atingem o estado desde a sexta-feira (28). Entre as vítimas, há um total de oito crianças. Além disso, há seis feridos e 11 desaparecidos.

O número, porém, pode aumentar, já que seguem os trabalhos de busca e resgate em Franco da Rocha. "O Corpo de Bombeiros, a Defesa Civil e as equipes de Saúde seguem atuando nas buscas de desaparecidos, que podem chegar a dez", segundo nota da Prefeitura de Franco da Rocha com atualização às 4h30 desta segunda-feira.

Mortes por cidade:
Franco da Rocha – 5 mortos
Várzea Paulista – 5 mortes
Francisco Morato – 4 mortos
Embu das Artes – 3 mortos
Arujá – 1 morte
Jaú – 1 morte
Ribeirão Preto – 1 morto
Itapevi – 1 morto

O Corpo de Bombeiros de Franco da Rocha registra cinco mortos até o momento. Mas as buscas seguem e o número será atualizado. A vítima de Itapevi é um bebê de 3 meses que morreu em um deslizamento sobre uma casa localizada na rua das Pedras, no bairro do Jardim Bela Vista, na madugada desta segunda-feira.

A Defesa Civil forneceu, até o momento, 287 cestas básicas, 227 kits de higiene e limpeza e 294 kits dormitório.

São Paulo tem cerca de 500 famílias desabrigadas ou desalojadas por causa das chuvas

São Paulo tem cerca de 500 famílias desabrigadas ou desalojadas por causa das chuvas

Reprodução Record TV

Repasse emergencial

O governador João Doria (PSDB) sobrevoou neste domingo (30) as regiões castigadas pelas chuvas em Francisco Morato, Franco da Rocha e Caieiras, na região metropolitana de São Paulo. Doria anunciou a liberação imediata de R$ 15 milhões para um total de dez cidades, em diversas regiões do estado, para auxiliar as prefeituras na recuperação urbana e social.

Segundo a Defesa Civil do Estado de SP, desde a última sexta-feira (28), os transtornos provocados pelo mau tempo deixaram cerca de 500 famílias desabrigadas ou desalojadas.

“Estou acompanhando com muita tristeza os danos causados pelas fortes chuvas em São Paulo. Minha solidariedade às famílias e amigos das 18 vítimas fatais. Estamos trabalhando nos resgates e autorizei R$ 15 milhões em recursos para que os municípios possam acolher os atingidos”, disse Doria, que sobrevoou as áreas mais afetadas pelos temporais na região da Grande São Paulo.

Os recursos anunciados serão destinados aos municípios de Arujá (R$ 1 milhão), Francisco Morato (R$ 2 milhões), Embu das Artes (R$ 1 milhão) e Franco da Rocha (R$ 5 milhões), na região metropolitana de São Paulo, e Várzea Paulista (R$ 1 milhão), Campo Limpo Paulista (R$ 1 milhão), Jaú (R$ 1 milhão), Capivari (R$ 1 milhão), Montemor (R$ 1 milhão) e Rafard (R$ 1 milhão), no interior do estado.

Os repasses poderão ser utilizados pelos municípios para reparar problemas urbanos que causam transtornos como pontos de alagamento e deslizamentos.

Além da liberação dos recursos, o governador determinou a criação de uma força-tarefa envolvendo Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Defesa Civil para apoiar todas as prefeituras das cidades que sofreram com as chuvas.

Últimas