São Paulo Operação contra fraude em venda de combustível mira 90 postos

Operação contra fraude em venda de combustível mira 90 postos

Foram fiscalizados 90 postos, com 694 bombas e 79 combustíveis em São Paulo. Do total, 69 bombas estavam irregulares

  • São Paulo | Rodrigo Martinez, da Agência Record

Polícias fiscalizam 90 postos de combustível em São Paulo

Polícias fiscalizam 90 postos de combustível em São Paulo

Fernando Frazão/Agência Brasil - 06.05.2020

As polícias Civil e Militar fiscalizaram 90 postos durante operação nacional deflagrada para combater fraudes e adulteração na comercialização de combustíveis, entre quarta e quinta-feira (8). No território paulista, as ações de fiscalização foram realizadas na Grande São Paulo.

Para isso, foram mobilizados mais de 270 agentes, com apoio de 130 viaturas, que atuaram em pontos estratégicos mapeados após um trabalho de inteligência. Nomeada de "Petróleo Real", a ação foi coordenada em nível nacional pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) e contou com apoio de outros órgãos.

Foram empenhadas equipes da Polícia Rodoviária Federal, Secretaria da Fazenda e Planejamento (Sefaz), Agência Nacional do Petróleo (ANP), Procon-SP e IPEM. Por parte das polícias estaduais de São Paulo, integram a operação equipes do Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania (DPPC), da Policia Civil e do Comando de Policiamento da Capital (CPC), da Polícia Militar.

Durante as atividades dentro da operação, em São Paulo, foram 90 postos fiscalizados, com 694 bombas aferidas e 79 combustíveis verificados. Como resultado, foram constatadas 69 bombas e cinco combustíveis irregulares. Assim, foram autuados 15 estabelecimentos onde foram detectadas as inconformidades.

Últimas