São Paulo Operação contra pedofilia prende homem com coleção de calcinhas

Operação contra pedofilia prende homem com coleção de calcinhas

Além dele, outras 11 pessoas foram detidas em ação de força-tarefa com cooperação de polícias estaduais e de outros seis países 

  • São Paulo | Do R7, com informações da Record TV

Homem com coleção foi indiciado, mas pagou fiança e responderá ao processo em liberdade

Homem com coleção foi indiciado, mas pagou fiança e responderá ao processo em liberdade

Divulgação/ Polícia Civil - 30/6/2022

A Polícia Civil prendeu nesta quinta-feira (30), durante operação contra a pedofilia e o abuso infantil, um homem de 53 anos que tinha uma coleção de calcinhas e 24 HDs para armazenar o material incriminador.

Além dele, outras 11 pessoas foram presas durante a ação Operação Luz da Infância, realizada pela Polícia Civil de São Paulo em conjunto com o Ministério da Justiça, as polícias de outros estados brasileiros e dos EUA, Argentina, Costa Rica, Equador, Panamá e Paraguai. As equipes se reuniram na sede do DHPP e deixaram o local por volta das 5h30 de hoje (30) para dar início às ações. 

O homem com a coleção de calcinhas afirmou que os itens pertenciam às mulheres com as quais ele se relacionou. Ele foi indiciado pela polícia, mas pagou fiança de R$ 5.000 e responderá ao processo em liberdade. 

Na região de Taboão da Serra, um homem também foi preso por armazenar material com imagens e vídeos de pornografia infantil. Com ele, os agentes apreenderam computadores e celulares com conteúdos de pedofilia. Em toda a operação, cerca de 50 computadores foram apreendidos. No estado de São Paulo 43 pessoas foram alvo da ação. Destas, 15 estavam na capital. 

Últimas