São Paulo Operação da polícia combate pedofilia em nove cidades de SP

Operação da polícia combate pedofilia em nove cidades de SP

São cerca de 20 mandados de busca e apreensão; sete são presos em flagrante. Grupo divulgava conteúdo pornográfico na internet 

  • São Paulo | Laura Lourenço e Daniel Evangelista, da Agência Record

Polícia faz operação para combater pedofilia e divulgação de conteúdo pornográfico na internet

Polícia faz operação para combater pedofilia e divulgação de conteúdo pornográfico na internet

Divulgação Polícia Civil / 15.07.2022

A Polícia Civil faz uma operação para reprimir crimes de pedofilia em municípios da Grande São Paulo e do interior paulista, na manhã desta sexta-feira (15). Sete pessoas foram presas em flagrante.

A operação, coordenada pelas equipes da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Barueri, com apoio das equipes Departamento de Polícia Judiciária de São Paulo Interior (Deinter) de São José do Rio Preto, tem como objetivo desarticular um grupo responsável por divulgar conteúdo pornográfico na internet e coibir a prática de pedofilia.

São cerca de 20 mandados de busca e apreensão, sendo cinco alvos em Barueri, quatro em Itapevi, um em Carapicuíba, um em Embu das Artes, dois em Osasco, um em Jandira, dois em Taboão da Serra, dois em Santana de Parnaíba e dois em Itu, no interior de São Paulo.

De acordo com o repórter Rafael Ferraz, da Record TV, até a publicação da reportagem, sete pessoas foram presas em flagrante e levadas para a delegacia por armazenarem pornografia infantil, e levadas para a delegacia.

Os alvos da operação são homens "predadores" de crianças e adolescentes, de acordo com a delegada Priscila Camargo, que coordena a operação, que marcavam pela internet encontros com as vítimas, para que conseguissem fotografar e veicular o conteúdo pornográfico infantil.

Computadores e tablets, em que foram localizados o material, foram apreendidos e estão sendo analisados pelas equipes na Delegacia de Defesa da Mulher de Barueri.

Últimas