São Paulo Pais são suspeitos de matar bebê de três meses em Guarulhos, em SP

Pais são suspeitos de matar bebê de três meses em Guarulhos, em SP

Indicados por homicídio qualificado, pais trocaram acusações sobre a morte da criança. Casal teria usado drogas e bebê ficou com avô paterno

  • São Paulo | Marcos Rosendo, da Agência Record

Casal suspeito de agredir e matar bebê de três meses em Guarulhos

Casal suspeito de agredir e matar bebê de três meses em Guarulhos

Reprodução Record TV

Um bebê, de três meses, foi encontrado morto, na manhã da quinta-feira (21), com sinais de agressão em Guarulhos, na Grande São Paulo. Segundo a Polícia Civil, o pai e a mãe do bebê são usuários de drogas e foram presos em flagrante por homicídio qualificado.

Leia mais: Caso Micaelly: pais perderam guarda cerca de 15 dias antes do crime

O corpo da criança será encaminhado para o Instituto Médico Legal de Guarulhos, para a realização dos exames necroscópicos. O caso foi registrado no 4° DP de Guarulhos. Os pais apresentaram versões diferentes para a morte do bebê.

Indicados por homicídio qualificado, os dois trocaram acusações , acusando um ao outro de ser responsável pela morte da criança. A mãe disse que o pai do bebê deu um tapa muito forte na cara do filho, o que provocou a morte do bebê.

Já o pai afirmou que a mãe pegou a criança no colo e a chacoalhou violentamente, repetidas vezes até matar o filho. O delegado Fernando Santiago declarou que o casal passou parte da madrugada consumindo drogas na rua e o bebê teria ficado com o avô paterno.

Leia mais: Avó recebeu aviso para não deixar Micaelly com mãe, diz Conselho

Quando o casal chegou em casa por volta das 5 da manhã, o avô contou que eles brigaram bastante. Antes de sair para o trabalho, o avô foi olhar a criança e verificou que ela estava ferida. Ele se ofereceu para levar o neto ao hospital, mas os pais negaram.

A polícia foi acionada às 7h, quando a mãe saiu de casa para pedir ajuda para a ex-sogra, que mora perto da casa dela. A mãe foi até a casa da ex-sogra e contou que o marido tinha matado o filho.

Quando os policiais chegaram no endereço, encontraram o pai com a criança no colo, desfalecida. O bebê foi levado para o hospital, mas já estava morto.

Últimas