São Paulo Passageira expulsa mulher sem máscara de vagão do metrô em SP

Passageira expulsa mulher sem máscara de vagão do metrô em SP

Profissional de saúde reclamou ao ver usuária de transporte público sem a proteção e jogou pertences para fora da composição

  • São Paulo | Do R7*, com informações do Balanço Geral

Uma passageira teve seus objetos pessoais jogados para fora do vagão por uma profissional da área da saúde na estação Carandiru, na Linha 1-Azul do Metrô, no centro de São Paulo, nesta quarta-feira (12), após ter se recusado a usar máscara de proteção.

Funcionária da saúde discute com passageira sem máscara

Funcionária da saúde discute com passageira sem máscara

Reprodução/ Record TV

Nas imagens é possível ver duas mulheres sentadas em lados opostos dentro de um vagão discutindo por causa do uso de máscara. Uma delas, que diz trabalhar em um hospital,  sentiu-se desrespeitada pela outra passageira, que se recusou a colocar a máscara. A profissional de saúde, irritada, pegou os pertences da passageira e os jogou para fora do trem.


Nessa hora, um homem que estava no vagão se aproximou e tentou apaziguar a situação, mas não conseguiu impedir a profissional de cometer a ação.

Ainda sem máscara, a passageira tenta voltar para o vagão, mas a funcionária da saúde não permite. E todas as pessoas que estavam assitindo à briga reagiram e aplaudiram a atitude da profissional que expulsou a mulher do trem.

Últimas