São Paulo Polícia Civil prende suspeito de falsificar álcool gel em São Paulo

Polícia Civil prende suspeito de falsificar álcool gel em São Paulo

Preso por equipe do Garra nesta quarta-feira (25), na zona leste da cidade, homem de 48 anos comercializava mistura feita com etanol e gel de cabelo

  • São Paulo | Elizabeth Matravolgyi, da Agência Record

Material falso era fabricado na zona leste de SP

Material falso era fabricado na zona leste de SP

Reprodução

 Policiais do Garra (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos) prenderam nesta quarta-feira (25) um homem suspeito de fabricar álcool gel falsificado em um fábrica clandestina no Jardim Imperador, zona leste de São Paulo.

O álcool em gel é um dos principais produtos de higienização indicado pelas autoridades sanitárias para o comtate ao surto do novo coronavírus, assim como as máscaras descartáveis.

Na ação, deflagrada após o envio de uma denúncia anônima, descobriu-se que o homem de 48 anos comercializava um frasco com uma mistura de etanol e gel de cabelo por R$ 15,00 cada unidade.

O acusado, que confessou o crime, foi encaminhado para a sede do DPPC (Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania) da Polícia Civil, onde a ocorrência será registrada.

Veja imagens de SP vazia no 1º dia de quarentena no Estado:

Últimas