São Paulo Polícia Civil prende três homens suspeitos de participar da morte de tenente da PM

Polícia Civil prende três homens suspeitos de participar da morte de tenente da PM

Ricardo Boide teve o sítio invadido por uma quadrilha que já era investigada pela instituição por roubos a residências em SP

  • São Paulo | Kaic Ferreira*, da Agência Record

Resumindo a Notícia
  • A Polícia Civil prendeu três suspeitos de terem participado da morte de um tenente da PM.

  • Ricardo Boide teve o sítio invadido por uma quadrilha que já era investigada pela polícia.

  • O corpo do policial militar foi encontrado a 600 m da casa dele.

PM foi encontrado perto de casa

PM foi encontrado perto de casa

Reprodução/Redes sociais

A Polícia Civil prendeu três homens nesta quarta-feira (5) por suspeita de participação no assassinato do tenente Ricardo Boide, em Itapecerica da Serra, na região metropolitana de São Paulo.

Segundo informações da Polícia Civil, o trio detido já era alvo de investigações da instituição por invasões de residências. Os agentes, inclusive, só souberam que os suspeitos estariam envolvidos na morte de Ricardo quando já estavam a caminho do endereço.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram

O delegado da Delegacia Seccional de Taboão da Serra, Hélio Bressan, afirmou que um dos homens detidos estava com a aliança do tenente da Polícia Militar.

Horas após a prisão, o corpo de Ricardo foi encontrado, em uma região de mata a 600 m do sítio. Durante a invasão, na terça-feira (4), a esposa do PM também foi amarrada.

Ainda segundo o delegado Bressan, a quadrilha costumava agir com requintes de crueldade, sendo a morte de Ricardo o ápice da falta de piedade do grupo.

Outros oito mandados de prisão relacionados à operação de roubos a residências continuam em aberto.

*Sob supervisão de André Carvalho

Últimas