São Paulo Polícia cumpre 10 mandados contra suspeitos de sequestros-relâmpago

Polícia cumpre 10 mandados contra suspeitos de sequestros-relâmpago

Até o momento, três suspeitos foram presos em comunidades de Osasco, na Grande SP. Materiais são levados para a sede da Polícia

  • São Paulo | Edilson Muniz, da Agência Record

Polícia de SP cumpre 10 mandados contra suspeitos de sequestros-relâmpago em Osasco

Polícia de SP cumpre 10 mandados contra suspeitos de sequestros-relâmpago em Osasco

Reprodução / Record TV

Três suspeitos foram detidos na manhã desta quinta-feira (18) durante uma operação da Polícia Civil contra grupo que praticava sequestros-relâmpago em Osasco, na região metropolitana de São Paulo.

São cumpridos 10 mandados de busca e apreensão em endereços ligados aos suspeitos em comunidades de Osasco. Dentre os mandados, quatro são também de prisão.

Cerca de 30 policiais em 18 viaturas do DOPE (Departamento de Operações Policiais Estratégicas) com apoio do GER (Grupo Especial de Reação) se reuniram no início da manhã para dar cumprimento aos mandados.

Os materiais e os presos são conduzidos à sede do DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa), no centro de São Paulo. 

Segundo a Polícia Civil, os suspeitos podem responder por sequestro, associação criminosa e lesão corporal porque as vítimas ficaram feridas na ação. Agora eles tentam identificar o grupo armado que fazia o arrebatamento das vítimas.

Sequestro-relâmpago é o crime em que a vítima fica em poder dos suspeitos, em geral dentro do próprio veículo, para que realizem saques, compras e transferências bancárias por um curto período de tempo.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública informou que policiais da 2ª Delegacia de Polícia da Divisão Antissequestro realizam a Operação PIX para cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão contra uma quadrilha suspeita de sequestrar pessoas e realizar transferências por meio do pix.

Últimas