São Paulo Polícia de SP investiga morte de moradores de rua na zona oeste

Polícia de SP investiga morte de moradores de rua na zona oeste

Moradores foram encontrados cerca de 1,5 quilômetro de distância e não apresentavam sinais de violência nos corpos

  • São Paulo | Isabelle Gandolphi, da Agência Record

Polícia investiga mortes de moradores de rua no bairro da Lapa, na zona oeste de SP

Polícia investiga mortes de moradores de rua no bairro da Lapa, na zona oeste de SP

Reprodução Google Street View

A Polícia Civil de São Paulo investiga a morte de duas pessoas em situação de rua, encontradas mortas na manhã do domingo (24), na zona oeste de São Paulo. Um dos corpos foi localizado na rua Aurélia e o outro na rua Joaquim Machado, ambos no bairro da Lapa.

Policiais militares foram acionados para atender a ocorrência e no local, encontraram a vítima já sem vida. O Samu foi acionado e confirmou o óbito. 

A vítima não possuía documentos e não apresentava sinais de violência. O caso foi registrado como morte suspeita pelo 91º DP, que solicitou perícia ao local. As investigações ocorrerão pelo 7º DP.

No segundo caso, policiais militares foram acionados para atender a ocorrência e no local, foram informados por uma mulher, que chegava no trabalho quando viu a vítima caída na via sobre sacos plásticos, sem sinais de agressão.

O caso foi registrado como morte suspeita pelo 91º DP que também pediu uma perícia para o local. As investigações prosseguem pelo 7º DP, responsável pela área.

O segundo morador foi localizado na rua Aurélia, cerca de 1.5 quilômetros de distância do primeiro endereço, por volta das 7h45. O Samu também foi acionado e tentou reanimar a vítima, porém sem sucesso.

Ambos os casos foram registrados como morte suspeita no 91° Distrito Policial do CEAGESP, uma vez que não havia sinais de violência nos corpos. A investigação prosseguirá pelo 7° DP da Lapa.

Últimas