São Paulo Polícia fecha bares e acaba com festa no 1º sábado de flexibilização

Polícia fecha bares e acaba com festa no 1º sábado de flexibilização

Locais promoviam aglomerações com pessoas sem usar máscara de proteção e desrespeitando as regras de reabertura

  • São Paulo | Elizabeth Matravolgyi, da Record TV

Festa clandestina reuniu cerca de 100 pessoas em Carapicuíba (SP)

Festa clandestina reuniu cerca de 100 pessoas em Carapicuíba (SP)

PAULO LOPES - 25.04.2021/BW PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

A polícia fechou bares e acabou com uma festa no sábado (24), no primeiro dia de flexibilização das medidas restritivas para conter os casos de covid-19 no estado de São Paulo. A operação foi parte de uma ação de Governo em conjunto com o GARRA (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos) da Polícia Civil, Vigilância Sanitária do município, Procon e entre outras entidades, na tentativa de impedir aglomerações.

Em Carapicuíba, na Grande São Paulo, os agentes lacraram o Rancho da Vida, no bairro Marilu, onde estava sendo realizada uma festa com mais de 100 pessoas, sendo que 30 não utilizavam máscaras de proteção, equipamento de segurança obrigatório em todos os locais públicos.

Já na capital paulista, o bar Porco Paulista e a casa noturna Aero Beer, ambos localizados no mesmo imóvel no bairro da Bela Vista, foram fechados. No momento em que a fiscalização chegou,117 pessoas estavam nos estabelecimentos, sendo que 17 não usavam máscara de proteção.

Covid: casos, internações e mortes caem pela 1ª vez em 2 meses em SP

Durante a operação, o dono do Porco Paulista, Altemir Marca, alegou que seu restaurante funcionou até as 19h, horário permitido pela fase de transição do Plano São Paulo, e que seus clientes já estavam indo embora. Porém, a casa estava lotada e com as portas abertas para o acesso ao segundo andar do bar. O dono do Aero Beer, Mauro da Silva Filho, disse que precisava trabalhar e por isso promoveu a festa clandestina.

Nas duas ocorrências os agentes apreenderam máquinas de cartão de crédito e débito e equipamentos de som. Os proprietários do Rancho da Vida, do bar Porco Paulista e do Aero Beer, os funcionários e um cliente que desacatou o deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP), que acompanhava a operação no bairro da Bela Vista, foram levados para a delegacia e liberados após assinarem um Termo Circunstanciado.

Regras da fase de transição

O setor de serviços do estado de São Paulo foi autorizado a retomar as atividades a partir de sábado (24) com a nova etapa da fase de transição do plano de governo para controle da pandemia de covid-19. 

Restaurantes, salões de beleza, cinemas, museus, teatros e parques podem funcionar das 11h às 19h. As academias podem abrir das 7h às 11h e das 15h às 19h.

De acordo com o governo, todas as atividades devem respeitar a capacidade máxima de 25% do público. Os protocolos de segurança são obrigatórios, como o uso de máscara, álcool gel e distanciamento. O toque de recolher das 20h às 5h permanece em todas as regiões do estado. 

Últimas