São Paulo Polícia liberta vítima de sequestro e prende três suspeitos em São Paulo

Polícia liberta vítima de sequestro e prende três suspeitos em São Paulo

Vendedor de perfumes foi atraído até local do cativeiro e agredido. Familiares transferiram dinheiro ao grupo após receber vídeo

  • São Paulo | Laura Lourenço, da Agência Record

Vítima foi libertada do cativeiro, onde foi agredida e amarrada por três suspeitos

Vítima foi libertada do cativeiro, onde foi agredida e amarrada por três suspeitos

Reprodução / Record TV

Três suspeitos foram presos após sequestrarem e extorquirem um vendedor de perfumes em Cidade Dutra, zona sul da capital paulista, na madrugada desta terça-feira (2). A vítima está abalada e foi agredida no cativeiro.

Segundo a Polícia Militar, equipes do 27° Batalhão realizavam patrulhamento pela avenida Teotônio Vilela, quando observaram um suspeito sacando dinheiro do caixa eletrônico. Devido ao horário em que o homem se encontrava no caixa, os policiais decidiram abordá-lo.

Ele confessou que estava mantendo um homem sequestrado, em cativeiro, na rua Archote do Peru, próximo à estação Primavera-Interlagos da CPTM. As equipes se deslocaram até o endereço e conseguiram localizar a vítima, que estava com mais dois criminosos.

Delivery de sequestro

A polícia informou que os homens realizaram um "delivery de sequestro": o trio tinha conhecimento que a vítima vendia perfumes, ligou para ela informando que gostaria de comprar um frasco e pediu que entregasse a encomenda no endereço do cativeiro.

Assim que chegou no local, se deparou com o trio, que manteve o homem sequestrado. Além do cárcere, os suspeitos ligaram para a família da vítima, pedindo que os parentes transferissem R$ 5.000, que seria sacado por um dos suspeitos. Ao menos R$ 2.000 foram pagos ao grupo.

O caso é apresentado no 101° Distrito Policial, do Jardim das Imbuias. Segundo a polícia, dois suspeitos já tinham antecedentes criminais.

Últimas